AUTO DA REDENÇÃO DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO

Ópera popular carioca celebrativa dos 450 anos da Cidade do Rio de Janeiro, é um convite à revisitação da memória histórica da fundação da cidade do Rio de Janeiro e resistência da zona portuária.

O Auto é uma estrutura sempre revisitada pela companhia quando pesquisa os elementos constituintes da memória histórica da região através do levantamento de danças e músicas, de formas narrativas, de temas comuns, que referenciam as contribuições culturais trazidas pelos seus antigos e atuais moradores ou a sua história desde as tribos dos índios coroados, passando pela chegada dos europeus e dos negros africanos, como escravos, a dos sertanejos e demais, as camadas que compõem a arqueologia espetacular do coletivo que se forma e se transforma ao longo do tempo.

O Auto de São Sebastião do Rio de Janeiro tem parceria de excelência do Professor Paulo Maciel na criação, pesquisa e textos.

 

Por Padre Antônio Vieira

 “Chamas-te Sebastião

Do Rio de Janeiro

Muita flecha de crivou

Para tua exaltação

 

Os habitantes da aldeia

Festejam a tua glória

Visitando a vila cheia

Dia que assim os recria,

Sagrou-o tua vitória

 

Oh, vem sempre dora em diante

Visitar tua cidade

Do mal teu amor proteja

A todo seu habitante

 

Faze com que os homens todos

Observem as leis divinas:

Mulheres, velhas, meninas

Afastem do mal os lodos

Destas plagas peregrinas.”

Voltar